Um mês sem açúcar

Eu sei, eu sei…

E peço imensas desculpas por ter andando ausente. Nem todas as semanas são fáceis e por vezes torna se difícil arranjar tempo ou mesmo um pouco de ar para respirar…
Entretanto decidi desafiar-me, impus me uma pequenininha penitência (ai pequenina… Tá bem, tá! ) … Um desafio bem complicado… Um mês sem açúcar… Isso mesmo… Nada de açúcar. Mas porquê? Questionas.
O açúcar é uma das substâncias mais consumidas em todo o mundo, e infelizmente também representa uma das mais nocivas para a saúde. O açúcar é uma substância tanto ou mais viciante que o tabaco. Mas temos que levar em conta que nem todos os açúcares são iguais. Vamos esclarecer, o tipo de açúcar que pode afetar gravemente a saúde, é o açúcar branco refinado. Por falar nisso, uma das minhas primeiras descobertas foram as mil faces do açúcar. Este pode se chamar xarope de milho, maltose, glicose, sacarose, dextrose e frutose – este último é o açúcar que existe naturalmente nas frutas e o único que estaria permitido durante este desafio. Eu já sabia que cerveja, pães, massas, congelados geralmente vêm acompanhados de boas doses de sacarose, mas precisava saber mais. Este livro, Sugar blues (download grátis) é uma ótima fonte de informação sobre o assunto, e nos lembra de que o consumo do açúcar está relacionado a problemas tão diversos como derrame cerebral e depressão. E como se já não fosse suficiente, o seu consumo ainda pode ser relacionado ao desenvolvimento de diversos tipos de cancro.
Para retirar-lo das nossas vidas, não basta fechar a boca para os doces: o maior risco está no açúcar que nós não vemos, aconselho todos a verem este documentário , Muito além do peso.

Muitas pessoas costumam consumir bebidas açucaradas, bebidas energéticas ou outros produtos carregados de açúcar quando sentem que precisam recarregar as energias. No entanto, vários estudos puderam determinar que o excesso de açúcar no organismo pode ser uma das causas destas “quebras”. O consumo excessivo de açúcar bloqueia a capacidade do corpo para manter as reservas de energia. Reduzindo ao máximo o consumo de açúcar, estas “quebras” de energia serão parte do passado.
O consumo de açúcar pode gerar uma quebra de energia no corpo, mas ao mesmo tempo, pode alterar o sono. As pessoas que conseguem eliminar ao máximo o consumo de açúcar da dieta notam rapidamente como seus hábitos de sono melhoram, e a insônia deixa de ocorrer.
O consumo de açúcar pode interferir na produção de elastina e colágeno, que são duas das principais proteínas da pele. A longo prazo, o açúcar pode provocar o envelhecimento precoce e causar outras alterações na pele.
Ao eliminar o açúcar da dieta, também estaremos dando um “empurrão” ao aparelho digestivo para que ele melhore a sua capacidade de processar todos os alimentos. Graças a isso, evitaremos problemas de prisão de ventre, entre outros.
Poderia ainda referir que consumo excessivo de açúcar favorece o desenvolvimento da resistência à leptina, que é o hormônio encarregado de dar o sinal de saciedade ao cérebro, ou o facto que prejudica a sua saúde dental aumentando a possibilidade de formações de caries entre outros problemas… Entre muitos outros motivos.
Querem mais ou estes motivos são suficientes?
Eu começo já domingo, dia 1. E tu? Acompanhas-me?
Vou postando fotos dos meus dias, com desabafos diários nas redes sociais (facebook, instagram ou twitter). Junta-te a mim com a hashtag #1monthwithoutsugar

Convido-te a embarcar comigo neste desafio e a contar a tua experiência. E não vale encheres a boca de bolos, bolachas chocolates e doces até domingo… Não és um hamester… e depois vai te custar mais.
Entretanto o reizinho cá de casa já tem 2 dentinhos ❤
mas disto falaremos mostra altura

The girl with silver hair

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. Nilzeitung disse:

    I often try but no sugar no coffee, no bread no uzw there is no single delusion, I take the middle-away,

    Curtido por 1 pessoa

      1. Nilzeitung disse:

        Of course it is not possible, however, disblen makes it possible is added our food, wiel,, whether children or young or old human body each micrograph differently
        plus up to stress and which also comes and one is missing in himself the victim of nutritional

        Curtir

  2. Gustavo Roubert disse:

    Boa sorte e dietéticos abraços.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bruna disse:

    Olha, estou contigo, vou tentar! Estou a tentar fazer uma alimentação saudável, deixando as porcarias para uma vez por semana. Já vi algures que o corpo só precisa de 21 dias para se habituar portanto vou me esforçar 🙂 Boa sorte!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Boa! Conto contigo então. E qualquer coisa fala comigo* vais ver a diferença no final do mês. Segue me no insta ou face vou dando novidades e sugestões para refeições 💕

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s