Oh my GOD! Estou grávida!!

“Oh my GOD, eu estou grávida!” a frase que repeti muitas vezes, durante os nove meses da minha gravidez. Eu nunca tive enjoos matinais, tonturas ou quebra de tensão, em compensação tive dor ciática 😵. trabalhei até aos 8meses e tinha dois empregos, e na restauração, logo sempre fui mega activa. Talvez por ser tão activa não me sentia grávida e só me lembrava quando a barrigona enorme me atrapalhava nas tarefas mais comuns do dia a dia.
Conto pelos dedos de uma mão as vezes que alguém se levantou no metro (até mesmo aqueles jovens,e não só, que se sentam atenciosamente nos lugares reservados para o efeito) para eu me pode-se sentar , não falo no inicio da gravidez porque podia não se notar, acontecia até mesmo no final da gravidez.

 


Raras foram as vezes que mesmo estando na fila prioritária do supermercado, as pessoas, que nem deviam lá estar, me deixaram passar a frente. Quando a operadora de caixa reparava e chamava me para passar a frente… Era o drama, a tragédia, o horror… Aquele olhar, e frases do género “ta de baixa tem tempo”, “da lucro estar grávida”, ” ando a pagar lhe a baixa e ainda me passa a frente”. Até mesmo uma senhora com os seus sessenta e poucos anos físicos, mas cinco mentais, com um carrinho cheio de compras, enquanto eu nem tinha apenas meia dúzia de coisas, disse ” eu tambem estou grávida, tambem quero passar a frente de todos”.
Para todos vós aqui vai a minha mais sincera resposta: Aqui
Sem falar nos queridos clientes do restaurante, em pleno chiado, num domingo (em que quase nada está aberto), no pico da hora de almoço, com o restaurante lotado e pessoas à espera de mesa, que viam uma equipa estafada e uma grávida com uma barrigona enorme, fazer piscinas de um lado para o outro, reclamavam o quanto estava a demorar a sair o pedido.
Ou os jantares de grupo, em que consegues pegar em pouco mais de dois pratos, porque já se tornam pesados, e te empilham simplesmente mais uns cinco pratos e não sei quantas tigelas em cima, tendo que vir colegas a correr ajudar-me, porque vêem que não estou aguentar com o peso.
Pessoas que não davam jeito, nem se desviavam, nem se esticavam um milímetro, para ajudar me com o seu prato, fazendo com que tivesse praticamente de me deitar na mesa, para chegar ao outro lado da mesa e lhes colocar o prato à frente.
Mesas de 10 pessoas, que me faziam andar de um em um, a tirar pedidos, porque não querem falar alto, e porque segundo elas, eu tenho a obrigação, de me deslocar até cada uma, questionar o que cada uma delas vai desejar e anotar o pedido, porque é para isso que me pagam, quando na altura, eu já estava com 34semanas, já tinha uma barriga gigante, sendo já bastante cansativo deslocar-me.

Entre outras coisas, que fazem com que te sintas uma grávida cheia de harmonia, paz e amor ❤

 

Mas falando de coisas melhores… Ou não!

Apercebes-te que estas grávida quando:
Tens a graciosidade de um pinguim a caminhar.


Quando deixas de dormir de barriga para baixo (foi horrivel, eu só costumava dormir de barriga para baixo)
Quando usas todas as almofadas de casa, para tentares dormir. Aí dormir… Esta bem!

problemas-gravidas-6
Quando só vês a tua barriga e os dedos dos pés, sempre que olhas para baixo.

E quando acordas e queres levantar, e tens de rebolar de um lado para o outro para dar “lanço” e conseguires virar de lado xD

gravidez-6

 

Quando fazer coisas como pintar as unhas dos pés, depilação e até mesmo calçar sapatos parecem impossíveis.

 

Quando o teu humor tens variações que demoram milésimos de segundo.
Quando usas a barriga para apoiar coisas, como livros, canecas de chá ( aí chá…. Txi, esquece o chá preto, o chá verde, o chá vermelho e o chá branco e tem cuidado com certas ervas e especiarias… bem, sobra hortelã, tília, cidreira …. e camomila com moderação )
Quando vês que o teu guarda vestidos inteiro já não te serve. E olhem que eu só engordei 9.300kg (3.460kg eram do Artur) nem mesmo a camisola XXL que usava como vestido xD.
Quando não podes comer um bitoque que vaca, sem ser do tipo, sola de sapato e esquece lá o maravilhoso ovinho à cavalo… E salada fora de casa??? Naaaaa. Esquece… Não arrisques!
Ou quando passas por um restaurante japonês e choras porque queres comer sushi ( vocês não sabem o quanto o sushi me faz feliz 😭)
E quando sentes pela primeira vez o monstrinho mexer-se, e é ai que tens a certeza… Que há uma vida a nascer em ti…

 

E que vai valer a pena…

IMG_20150909_204201
Mas por mais que o tu e o teu corpo se prepare… Nunca estamos preparadas… ACREDITEM…

odisseia

 

(TO BE CONTINUED…)

 

 

 

The girl with silver hair

Anúncios

24 comentários Adicione o seu

  1. Blog da Maa disse:

    Oi amei seu blog e principalmente essa postagem! Estou grávida tbm e me vi em tudo que você falou, de começo não conseguia aceitar muito bem e por várias vezes me via chorando e passando por coisas das quais eu não estava preparada e principalmente eu não queria, depois que descobri que meu bebe era uma menina foi só alegria e ansiedade pra ver o rostinho dela. Hoje com 37 semanas ainda não descobri o que é ser mãe mais já entendi que vale a pena tudo isso! 😍 #momentodesabafo desculpe te vi desabafando e acabei sentindo a mesma vontade rsrs

    Curtido por 1 pessoa

    1. O meu amor tudo bem. Nos estamos cá é para isso mesmo desabafar umas com as outras:3 se tiver dúvidas e só perguntar. E obrigado por ter gostado fixo muito feliz

      Curtir

  2. caradecotia disse:

    Amei seu post, amei seu blog. Vou voltar para ler com mais calma. Compartilhei o post na minha fan page se me permite. bjs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oh obrigada cara de cotia… Obrigada mesmo ainda bem que gostou fico mesmo contente irei ver o seu também

      Curtir

  3. Susana disse:

    Acho que o mais chato na minha gravidez foi a avalanche de conselhos não solicitados, que, aliás, piorou depois do Simão nascer. Parece que toda a gente sabe EXACTAMENTE o que EU tenho de fazer…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim…… E vamos continuar sempre a ouvir muitas vzs as avós passam nos um atestado de incompetência… Mas há que levar tudo com calma

      Curtido por 1 pessoa

  4. T. disse:

    Adorei este texto! Revejo-me tanto em tudo isto! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada linda fico muito agradecida

      Curtido por 1 pessoa

  5. It's Ella! disse:

    Eu ainda vou mais ou menos a meio do percurso, pelo que essa fase do pinguim ainda não chegou 😛

    É engraçado como este tema, antes de engravidar, pouco ou nada me dizia e agora tem um encanto tão grande! Não consigo descrever a empatia que sinto a ler isto, apesar de, como disse, ainda estar a meio, de me ver tanto nestas palavras e de sentir que vou pertencer ao grupo das mães e não achar isso piroso como achava antes…Era giro, mas não era para mim!

    Sempre tive muito medo de me “perder” caso fosse mãe, de deixar de exisitr como indivíduo para tornar-me “a mãe do/a tal menino/a” mas agora vejo que esse medo nunca me passou pela mente, muito pelo contrário. Quero dar tudo de mim ao meu filho, ensinar-lhe o que sei e crescer com ele.

    Sem entrar em grandes pieguices (porque eu continuo a ser uma durona insensível :p) realmente não é fácil descrever a gravidez e a atencipação de me tornar, efetivamente, mãe. Só posso dizer qie é bom, muito bom.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acreditas há dias que ele é uma alegria imensurável… Olhar para ele ver lo… Nas algo em ti… E já não és nada longe dele. Mas não é fácil.. As cólicas as dores sem dormir as birras… Mas o sorriso dele e a maneira como te olha ou ergue as mãos em direção do teu rosto.. . É tudo… Vale tudo.. É amor

      Curtido por 1 pessoa

      1. It's Ella! disse:

        Estou preparada para a batalha com as partes piores, mas uma pessoa aguenta tanta coisa que isso é o que mais vale a pena!

        Curtido por 1 pessoa

        1. Omg agora. É que vi… O corrector Ortográfico do meu telemóvel comeu me palavras e parece que falo chinês xD… Sim vê tudo a pena

          Curtido por 1 pessoa

  6. Pó de Arroz disse:

    Não descreveria melhor a gravidez…eheheheh. isso tudo e mais qualquer coisa, mas depois lá vem o bem mais precioso 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Depois… Depois.. Vem aquilo sorrisinho sem gengivas tão fofo… E a gargalhada mais linda ❤… Mas tbm as noites sem dormir as cólicas e noites sem dormir

      Curtir

  7. Cláudia disse:

    Muito bom minha linda adorei :-*

    Curtido por 1 pessoa

  8. Lu disse:

    Gostei do teu texto.
    Tive uma gravidez tão tranquila e tão boa que me custava imenso quando me queriam dar prioridade. Ao contrário, quando o meu pequenote nasceu, irritava-me que as pessoas não quisessem dar essa prioridade. Aí sim, senti muita falta do bom senso das pessoas, em algumas situações.
    O sentir mexer é algo tão mágico… Dá saudades dessa sensação, mesmo daqueles que mais se parecem pontapés. ❤
    Beijinho, Lu
    blogdamamalu.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pois, infelizmente as pessoas não se consciencializam… sim a melhor sensação ate aqueles em que sentes a perda a passar de um lado para o outro ♡

      Curtir

  9. Brilhante essa descrição de quando se está grávida. Acrescento o dar balanço para sair de dentro do carro! Ehehe
    Também partilho a experiência das caixas prioritárias… por isso preferia a exclusiva do continente!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oh eu nao tinha continente perto xD
      Sim o balanço do carro hahaha. Ainda bem que gostas te. Espero que voltes, vou dar uma vista de olhos no teu :3

      Curtir

  10. Ganesha Peace disse:

    Adorei o post ! Adorei a tua maneira de pensar e concordo com tudo o que mencionas-te no post 🙂 Espero que tudo corra bem para ti e para o teu bebé, felicidades 🙂
    http://myganeshapeace.blogspot.pt/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oh que querida. Ainda bem gostas te:3 ha-de correr sim** espero que contigo tambem**

      Curtir

  11. Adorei este post, faz-me lembrar a minha última gravidez.
    Bjinhos e felicidades

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada Neide, fico feliz por ter gostado. Espero voltar a ver la por cá.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s